[ editar artigo]

COVID-19 e o Futuro da Educação

 

 

Os desafios tecnológicos, científicos, socioemocionais e estratégicos da Educação em todo o mundo talvez nunca tenham sido tão amplos, complexos e, talvez, até mesmo, enigmáticos. A COVID-19 despertou na Humanidade um sentimento de incerteza que impactou diretamente a formação intelectual dos alunos. Como será o mercado de trabalho na próxima década? Quais serão as habilidades mais importantes? O que será mais necessário estudar? Como aprender com qualidade nas aulas online? Perguntas como estas, dentre outras tantas, surgem o tempo inteiro em sala de aula, e precisamos de um esforço unificado e fortemente fundamentado na Empatia para encontrarmos, juntos, respostas eficazes. Talvez a principal mensagem da COVID-19 para a Humanidade tenha sido exatamente esta: somos todos um, pois vivemos todos nos mesmo planeta e estamos todos expostos aos mesmos riscos sanitários, biológicos e epidemiológicos. 

 

O Fórum Econômico Mundial afirmou recentemente que a Pandemia de COVID-19 foi responsável por mudanças irreversíveis na Educação. Estima-se que em 2020, nos meses de lockdown, mais de 1,2 bilhão de crianças ficaram fora da sala de aula em todo o mundo, causando uma mudança drástica nos sistemas de ensino, conduzindo-os para o e-learning. Além disso, algumas análises demonstraram que o processo de aprendizado online favoreceu o aumento da retenção de informações em intervalos de tempo menores. Este fato demonstra que a influência da Transformação Digital na Educação é um fenômeno definitivo que vai se expandir cada vez mais nos próximos anos. Os investimentos globais em tecnologias aplicadas à Educação já estavam em crescimento mesmo antes da Pandemia de COVID-19: em 2019, foram investidos US$ 18,7 bilhões, com projeção para US$ 350 bilhões em 2025[1].

 

Se os profissionais da Educação no Brasil conseguirem ampliar cada vez mais a abertura ao diálogo, na busca por soluções que beneficiem o maior número de pessoas, principalmente professores e alunos, com certeza poderemos, juntos, construir soluções criativas de grande impacto. Talvez não seja exagerado dizer que o maior capital da cultura brasileira é a Criatividade. Que esta Criatividade possa nos ajudar a superar com reta consciência este momento doloroso e desafiador que todos nós, de um jeito ou de outro, estamos vivendo.

 

O que pode ser mais gratificante do que ajudar, com pura sinceridade e consideração, um aluno que está sofrendo profundamente neste momento de tantos medos, incertezas e ameaças? 

 

 

REFERÊNCIA

 

 

[1] www.weforum.org/agenda/2020/04/coronavirus-education-global-covid19-online-digital-learning

Educação do Futuro
Reinaldo Ricchi Jr Seguir

• Professor, produtor de conteúdos, consultor, designer de projetos e pesquisador com 20 anos de experiência em criação de aulas, produção e curadoria de conteúdos e desenvolvimento de projetos estratégicos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você