[ editar artigo]

Formatos de avaliação e construção do conhecimento no ensino online

Formatos de avaliação e construção do conhecimento no ensino online

Em meio à pandemia do coronavírus e ao distanciamento social, a educação foi transferida para um formato baseado em aulas remotas.

Com isso, os tipos de atividades e avaliações  sofreram mudanças necessitando adequar-se à modalidade EAD.

Alguns educadores tiveram bastante dificuldade para encaixar-se nesse novo modelo e buscar novas maneiras para medir o nível de aprendizado dos alunos.

Separamos, neste artigo, algumas formatos alternativos para avaliação no digital. Confira!

Métodos avaliativos no ambiente digital

Uso de formulários on-line

Um exemplo é o Google Forms, onde o aluno preenche o formulário on-line e já recebe as alternativas corretas logo após o envio da atividade. Essa é uma maneira muito prática de documentar o envio e comprovar que a aula e a avaliação já foram oferecidas.

Controle do tempo 

Um dos principais recursos que os alunos podem utilizar no sistema EAD é a funcionalidade das plataformas virtuais. Fazer uma simulação de provas on-line com um tempo estipulado para a entrega é uma maneira de dosar o uso de buscas externas e que estejam fora da metodologia do professor.

Possibilidades de atividades 

Os trabalhos e atividades realizados em horário de aula ou com tempo estipulado para entrega são alternativas que não envolvem o método arcaico de avaliação das provas. Ficou mais fácil utilizar diversos recursos de plataformas virtuais e avaliar o grau de entendimento de cada aluno sem submetê-lo a um teste clássico sob pressão para a nota final.

Novas práticas para formação do conhecimento

Além disso, outra questão importante são as atividades e métodos de ensino utilizados para a formação do conhecimento.  Durante a quarentena, a maior parte das aulas remotas são realizadas em tempo real com os alunos em múltiplas plataformas. 

Dessa forma, há uma diversificação da aprendizagem e dos métodos de ensino, que ficam mais dinâmicos.

Como cita Luiz Claudio Barbosa, professor da Universidade Candido Mendes (UCAM):  “Nos dias de hoje, falamos muito de metodologias ativas que tornam as aulas mais atraentes, abrangentes e que deixam uma ação pedagógica mais completa para o aluno”.

Alguns exemplos disso são vídeos e filmes que se relacionam com o conteúdo compartilhado: as opções audiovisuais são muito interessantes para captar a atenção dos estudantes nesse cenário.

Assista o vídeo completo da série "Fala aí, Professor!" com a opinião completa do Professor Luiz Claudio Barbosa sobre as ferramentas e metodologias para o desenvolvimento das aulas online:

 

Educação do Futuro
InterEDTech Tecnologias Educacionais
InterEDTech Tecnologias Educacionais Seguir

Promovemos oportunidades de novos negócios educacionais para Instituições de Ensino Superior a partir da oferta de cursos remodelados para atender as principais tendências profissionais e acadêmicas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você