[ editar artigo]

O que as crianças estão aprendendo com as aulas online?

O que as crianças estão aprendendo com as aulas online?

 

Como quase todas as mães, surtei com as aulas online no começo da pandemia. Muito conteúdo, desinteresse das crianças, tarefas acumulando, prazos de entrega chegando ao fim, plataforma que não ajudava.

Mas como temos que nos adaptar com o novo normal, dei um tempo e me preparei para a volta às aulas online (após 7 semanas de estresse, a escola deu férias de 20 dias). Foi um respiro e um tempo de recomposição.

Na volta às aulas em 1 de junho, a grade de aulas veio mais organizada e vi que teriam mais aulas ao vivo durante a semana. Quando li o cronograma, quase surtei de novo (rs), mas respirei e esperei pra ver.

Decidi procurar o lado bom de tudo isso, até porque não mandaria meus filhos pra escola, caso reabrissem. Então, vamos agradecer o que temos pra hoje!

Depois de 3 semana de volta às aulas online, vou listar algumas coisas que estou notando por aqui:

  • Acho que estão aprendendo algo, não necessariamente o conteúdo passado e não como nas aulas presenciais, mas manter os estudos diariamente ajuda a "não esfriar" o que aprenderam.
  • As aulas ao vivo trazem aproximação com os professores, e isso achei muito bom, pois não perdem o vínculo professor-aluno.
  • As crianças tímidas ficam mais a vontade pra falar "em público" e isso será bom pra elas.
  • Desenvolvem formas de relacionamento e aprendizado online, futuramente serão de trabalho (é a tendência e faz parte da geração deles).
  • Se tornam protagonistas de seus estudos : eu vou conectar para assistir a aula, eu vou estar presente ou não (claro que nós adultos temos que ajudar nisso, mas é muito mais fácil não estar presente mesmo "assistindo aula", quando é online).
  • Não tem prova e as crianças não se sentem pressionadas para "provar" o que sabem. São avaliadas com as tarefas e participação das aulas online.

Aqui eles participam bem da aula quando é a disciplina que eles gostam (todos tem suas preferências), a pequena por exemplo que está no 3º EF não quer nem ir ao banheiro para não perder um pedaço da aula.

Para cada criança funciona de uma forma, e para cada família também, pois temos rotinas e costumes diferentes. Ainda não sei avaliar se estão aprendendo o conteúdo, mas também nem me preocupo, não é o momento pra isso. Eu decidi não cobrar tanto e ir levando, deixando um pouco na mão deles, até por que a maioria dos pais não consegue acompanhar totalmente.

Nesse período temos que ajudar nossas crianças a lidarem com as mudanças, mas principalmente temos que ter empatia. É tudo novo pra nós, é tudo novo pra eles.

Eu particularmente não gosto de curso online e não acredito nesse formato para crianças típicas, ou crianças com necessidades especiais, me coloco no lugar delas que de certa forma estão se adaptando muito bem à essa situação.

 

Se identificou com esse texto? Você pode contar como está sendo essa experiência na sua casa, como as crianças estão lidando com as aulas online. Só clicar em NOVO POST no canto lateral direito! Venha compartilhar suas experiências!

 

 

 

 

Educação do Futuro
Dani Nalini
Dani Nalini Seguir

Mãe do Pedro e da Clara!

Ler conteúdo completo
Indicados para você