[ editar artigo]

Quem mudou a sua vida?

Quem mudou a sua vida?

Para começar, caro leitor, afirmo que a história a seguir é absolutamente verdadeira, embora com nomes fictícios. Faço esta observação, pois se estivesse em um romance, talvez, fosse inverossímil. A vida, aliás, muitas vezes, parece mais fantasiosa do que a ficção, não é mesmo?

Yasmin era gerente de um banco e estava com o casamento marcado. Era jovem, bonita e muito inteligente. Era também conhecida como uma pessoa sensata, do tipo que planejava cada etapa e que nunca tinha feito nenhuma loucura na vida. Uma tarde, participou de uma reunião no próprio banco e a sua vida mudou. Desta reunião, além de outras pessoas, participou Florêncio, um dos executivos designados para tratar de um assunto qualquer, que nem era tão importante assim.

Naquela mesma noite, Yasmin desfez o noivado. Disse ao noivo que sentia muito, mas tinha encontrado o amor de sua vida. Como assim? Nem sequer havia conversado a sós com o tal homem. Não sabia quem era, se era casado, o que fazia, o que pensava, sua personalidade. Yasmin não sabia de nada disso, mas não teve dúvidas, era o homem de sua vida.

Florêncio não era casado, mas tinha um relacionamento estável com uma senhora bem mais velha, presa em uma cama, com uma doença grave, que poderia levá-la a qualquer momento. Florêncio também se apaixonou e reconheceu em Yasmin a mulher que sempre sonhara. No entanto, ele não poderia deixar Helena naquelas circunstâncias. Teriam a vida inteira juntos, porém precisariam ter paciência.

Pouco tempo depois nasceu Rubiana. Ela cresceu acostumando-se a ver o pai apenas nos finais de semana. Em Niterói, para D. Helena, dizia que arranjara um trabalho que lhe ocupava os sábados e domingos. No Rio, para Rubiana, o inverso, que trabalhava em outra cidade, durante a semana. Yasmin, a esta altura, largou a sua carreira profissional e se dedicava quase exclusivamente à Rubiana. Nos finais de semana, viviam felizes como família. Nos outros dias, Yasmin sentia a distância de Florêncio. Às vezes, se revoltava com a situação, mas ele a convencia de que não faltaria muito tempo e que ele estava procurando ser correto. Devia isso à Helena.

A situação se prolongou por 15 anos, quando Yasmin contou toda a verdade à filha Rubiana. Neste momento, Yasmin rompeu com Florêncio, por cinco anos. Ela continuava só e apaixonada, contudo, tinha ido além do seu limite. Só voltaram a se ver quando D. Helena partiu, já há algum tempo, sem consciência.

Já maduros, Yasmin e Florêncio criaram um verdadeiro lar feliz. Estão há vinte anos juntos e moram em uma cidade do Nordeste, usufruindo a vida, perto da filha e de netos. Lembram que tudo começou naquela reunião qualquer, em um dia qualquer, em que, casualmente, se conheceram e se reconheceram.

Seria mesmo um acaso? Um dia também aconteceu algo semelhante com você e comigo. Acordamos sem saber que, naquele dia, encontraríamos alguém que mudaria a nossa trajetória de vida. Talvez isto tenha acontecido mais de uma vez. Quais foram as pessoas que mudaram a nossa vida?

Não sei o que você acredita, caro leitor, mas, de minha parte, não acredito que estamos juntos com as pessoas por acaso. Especialmente, aquelas pessoas com quem constituímos um lar. O que temos a aprender e a ensinar a elas? Que histórias fantásticas ainda vamos viver? Que felicidade podemos construir juntos?

         

Julio Sampaio (PCC, ICF)

Idealizador do MCI – Mentoring Coaching Institute

Diretor da Resultado Consultoria, Mentoring e Coaching

Autor do Livro: Felicidade, Pessoas e Empresas (Editora Ponto Vital), dentre outros

Texto publicado no Portal Amazôna e no https://mcinstitute.com.br/blog/

Educação do Futuro
Ler conteúdo completo
Indicados para você