[ editar artigo]

Você conhece as edtechs? Saiba como estas empresas ajudam a educação com novos modelos de negócios e serviços.

Você conhece as edtechs? Saiba como estas empresas ajudam a educação com novos modelos de negócios e serviços.

 

O mundo está cada vez mais conectado, com a tecnologia dominando várias áreas da vida em sociedade e na educação não é diferente. 

A inovação tem atingido os principais processos educacionais, caracterizados anteriormente pelo antigo modelo de ensino e pela pouca diversificação na forma de desenvolver e disseminar conteúdos. 

Hoje, tanto as instituições de ensino quanto os profissionais da área educacional  precisam se modernizar  para entenderem e dominarem novos formatos, voltados principalmente para o ambiente digital. 

Além de ser um desafio, este fato também representa grandes possibilidades, geradas principalmente por empresas que unem a tecnologia a favor do ensino, seja pela facilitação dos processos do ecossistema educacional ou pela oferta de novos produtos e serviços. 

Estas empresas que potencializam a educação são chamadas Edtechs.

Mas o que são Edtechs? 

São empresas que investem no desenvolvimento de tecnologia para o mercado educacional, visando facilitar a aprendizagem ou a ampliação do acesso à educação.

Só no Brasil essas empresas cresceram 23% em dois anos e saltaram de 364 para 449, de acordo com  estudo realizado pelo Centro de Inovação para a Educação Brasileira (Cieb) em conjunto com a Associação Brasileira de Startups (ABStartups).

Crescimento das Edtechs

Levando em consideração o atual momento de pandemia, que inviabiliza os meios convencionais de ensino, a inovação mostra-se não apenas como uma possibilidade, mas como necessidade. 

Inclusive, várias instituições educacionais vêm investindo em modernização durante este período. Essas mudanças na maneira de ensinar parecem ter vieram para ficar, representando uma perspectiva de crescimento não apenas momentânea.

Outro fator que aponta para uma manutenção do crescimento do nicho é o fato de, majoritariamente, as Edtechs brasileiras estarem localizadas nas regiões Sudeste e Sul, ou seja, ainda há muito espaço no país para a inserção das mesmas.

Quais os desafios deste mercado? 

Apesar da clara tendência de crescimento para a área no Brasil, alguns desafios próprios de nosso país devem ser levantados.

Um deles é o fato de grande parte das Edtechs brasileiras estarem focadas na educação básica, sendo que 80% das instituições desse nicho são públicas, onde o investimento em inovação é baixo.

Outro fator é a diversidade geográfica e social que dificulta a expansão e o uso de certas tecnologias, o que representa um percalço para quem quer empreender nesse nicho.

Como as Edtechs podem auxiliar no processo de aprendizagem? 

As tecnologias desenvolvidas por estas startups ajudam a aproximar as salas de aula do aluno do século XXI, nativo do ambiente digital. Tal aproximação é capaz de facilitar o processo de aquisição de conhecimento, além de atrair sua atenção (já que se trata de tecnologias que ele já conhece ou domina). Para isso, essas empresas utilizam artifícios, como: RV (Realidade Virtual) e RA (Realidade Aumentada).

Contudo, as possibilidades de atuação das Edtechs não se restringem à adição de novos recursos didáticos aos já existentes. Há diversas ferramentas desenvolvidas pelas mesmas que visam a formação de professores, o acompanhamento pedagógico, o apoio à gestão e a avaliação do estudante.

Em um país tão desigual como o Brasil, a tecnologia criada e oferecida por essas empresas também pode representar uma possibilidade na democratização do acesso à educação. Por exemplo, muitas Edtechs desenvolvem projetos de educação a distância, como plataformas de cursos on-line.

A InterEdTech, por exemplo, é uma destas edtechs que oferece soluções para instituições de ensino para se moldarem ao novo contexto educacional, com cursos que atendam às novas demandas do mercado com um ecossistema de marketing, gestão e captação inovador e eficiente. Conheça mais sobre a empresa AQUI.

Oportunidades das Edtechs 

Como já deve ter ficado claro, as possibilidades para as Edtechs são enormes e foram impulsionadas por conta da pandemia. Durante o período de isolamento social, instrumentos que facilitem o aprendizado a distância representam uma ampla possibilidade de negócio.

Em um espaço de tempo mais amplo, as ferramentas que auxiliem o aprendizado de modo presencial podem apresentar-se como boas oportunidades de investimento para os empreendedores deste nicho.

Por exemplo, os Objetos Digitais de Aprendizagem (ODA) como jogos educativos, animações e simuladores são cada vez mais buscados por instituições que querem aprimorar a experiência do aluno nas aulas. As oportunidades são múltiplas e promissoras.

Educação do Futuro
InterEDTech Tecnologias Educacionais
InterEDTech Tecnologias Educacionais Seguir

Promovemos oportunidades de novos negócios educacionais para Instituições de Ensino Superior a partir da oferta de cursos remodelados para atender as principais tendências profissionais e acadêmicas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você