[ editar artigo]

Dicas para preparar candidatura para universidade americanas

Dicas para preparar candidatura para universidade americanas

Muitos estudantes, subestimam o tempo necessário para preparar sua candidatura para uma universidade nos Estados Unidos. Planejar com antecedência, pode evitar muita dor de cabeça e como prêmio conquistar boas vagas e até bolsas. Por isso vale a pena começar com muita antecedência.

Veja quais são os principais pontos de atenção:

  1. Preencher o Formulário (Application Forms) com atenção e muito cuidado, de forma sempre completa.
  2. Inclua todas as atividades extracurriculares realizadas durante o Ensino Médio. Isso vale muito!
  3. Comprove as habilidades adquiridas durante o ensino médio por meio de testes de conhecimento geral como SAT ou ACT. A nota mínima exigida pode variar de acordo com a instituição.

  4. Apresente a nota do TOEFL (Test of English as a Foreign Language) e ou do IELTS (International English Language Testing System), que são os testes mais comuns e podem ser feitos no Brasil. Estudantes internacionais que fizeram a Franklin High School ou outras escolas secundárias dos Estados Unidos, em geral, não precisam comprovar proficiência por meio de testes de idioma.

  5. Prepare com muito cuidado e dedicação seu Essay. É por meio dele que as instituições vão conhecer o aluno além da métrica apresentada pelas notas do ensino médio e dos testes de conhecimento. Seja criativo e honesto. A Essay deve ser escrita pelo próprio estudante, descrevendo-se e explicando os motivos pelos quais merece ser admitido pela instituição de ensino, 

  6. Garanta com seus professores carta de recomendação que demonstre quem você é, por meio da opinião de alguém que o conhece em um âmbito acadêmico ou até mesmo profissional. 

  7. Calcule e apresente seu  GPA, um índice desenvolvido para medir o desempenho dos alunos. O GPA funciona como um histórico acadêmico, computando uma média geral de todas as matérias do ensino médio. Cada instituição de ensino tem um nível de exigência diferente e quanto mais competitiva a universidade, maior será o GPA requerido para a inscrição.

  8. Prepare-se para uma possível  entrevista.  Essas entrevistas costumam ser feitas em inglês por um ex-aluno ou outro representante da instituição. Demonstre ter conhecimento sobre a instituição, pois serão avaliados pontos como a adequação do perfil do estudante ao da universidade.

A importância de ter a ajuda de um especialista

Contar com o auxílio de um profissional especializado em intercâmbio e com conhecimento sobre o sistema de ensino superior nos Estados Unidos pode fazer toda a diferença no processo de inscrição em uma universidade americana e no seu respectivo sucesso acadêmico. O processo de seleção das universidades americanas pode gerar muitas dúvidas, principalmente em estudantes estrangeiros que ainda não estão familiarizados com o sistema de ensino americano. 

Caso tenha interesse em conhecer mais sobre esse processo, a Efígie poderá lhe auxiliar através do Programa de Aconselhamento.

Educação Internacional

Educação do Futuro
Dra Lara Crivelaro
Dra Lara Crivelaro Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você